RAÍZES DA FÉ. (Pr. Paulo Cesar)

Crescer com profundidade

A FAMÍLIA ATRÁS DA VIDRAÇA

Posted by pastorpaulo em 2 maio, 2007

                         

             A algum tempo atrás um irmão muito amado, o diácono Geraldo, a quem  o “rotulei carinhosamente de pesquisador virtual”, devido a sua disponibilidade em pesquisar qualquer assunto que lhe for solicitado na internet, enviou-me um texto muito oportuno para ser abordado neste mês de Maio, quando comemoramos o mês da família. Eis o texto encontrado. “Um casal, recém casado, mudou-se para um bairro muito tranqüilo. Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou através da janela em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido: – Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Provavelmente está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas! O marido observou calado. Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a mulher comentou com o marido: – Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas! E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal. Passado um mês a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis brancos, alvissimamente  brancos, sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido: – Veja! Ela aprendeu a lavar as roupas, será que a outra vizinha ensinou? Porque, não fui eu que a ensinei. O marido calmamente respondeu: – Não, é que hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela!”  Mulher nenhuma quer e precisa de um marido como este. Marido omisso, marido que deixa sua esposa falar demais, marido que vê sua esposa se expondo ao vexame e ainda assim aguarda um mês para corrigi-la, marido que permite sua mulher fiscalizar por cima do muro do vizinho e não a ajuda a vigiar sua própria casa. “Marido, amai vossa mulher…” (Ef.5:25) quem ama protege e não expõe, quem ama corrige em secreto, quem ama cuida da mulher amada como cuida de si mesmo. “Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar…” (I Pe.3:7) a função do marido também é se envolver com as coisas simples e comuns da casa, como uma vidraça suja. Muitas mulheres tem errado porque seus maridos são omissos quanto a sua função de profeta do lar. O marido-profeta corrige, exorta e aponta um novo rumo à sua casa. Em contrapartida creio que, muitos maridos também não precisam e nem desejam ter como esposa uma mulher com a característica da nossa personagem. Ela é capaz de enxergar longe, mas não vê perto. Enxerga o que não existe do outro lado, mas não vê o que existe do seu lado. Consegue enxergar sujeira no outro, mas não vê a imundície dentro de sua casa. “…tira primeiro a trave do teu olho e então verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão” (Mt.7:5) quem não vê suas próprias fraquezas, não pode se dignificar em diagnosticar as fraquezas do outro. “Mulher virtuosa quem a achará…” (Pv.31:10) a primeira pessoa a encontrar uma mulher virtuosa deve ser ela mesma. Ela mesma deve conhecer suas virtudes e utilizá-las para abençoar seu esposo e filhos. Também deve reconhecer suas fraquezas e corajosamente deixar o Espírito de Deus molda-la até transforma-la em uma fina jóia, raríssima, de valor incalculável.  Famílias amadas do Senhor! Não existe uma família perfeita, mas pode existir família saudável. Depende de cada membro exercer individualmente sua função dentro do lar e também todos exercerem aquelas responsabilidades partilhadas. Comece tirando os olhos dos lençóis do vizinho e prestando mais atenção nos pequenos detalhes da sua vidraça. Siga o conselho do apóstolo Pedro, “Não sofra, porém, nenhum de vós…como quem se intromete em negócio de outrem.” (I Pe.4:15) Ao olhar para a família vizinha ou amiga, não tente descobrir onde tem sujeira, mas disponha a ser um instrumento de misericórdia, de socorro, de edificação, de intercessão e de salvação, e assim contribuirá para que se cumpra a palavra de Deus a Abraão, “…em ti serão benditas todas as famílias da terra.” (Gn.12:3)

 Deus nos livre da vidraça suja, nos dê olhos puros e unção para enriquecermos as pobres famílias que ora estão mais pobres da graça de Deus.

Com muito temor e tremor

Pr. Paulo Cesar da Silva

                            

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: